O Google vai suspender a proibição de anúncios políticos esta semana

O Google deve retomar a aceitação de anúncios políticos em todas as suas plataformas depois de bloqueá-los temporariamente após o motim no Capitólio dos Estados Unidos em janeiro. O gigante das buscas permitirá que os anunciantes exibam anúncios políticos a partir de quarta-feira, o que foi relatado anteriormente pela Axios .

“A partir de quarta-feira, suspenderemos nossa política de eventos sensíveis para permitir novamente que os anunciantes exibam anúncios políticos”, disse um porta-voz da empresa em um comunicado por e-mail. “Continuaremos a aplicar rigorosamente nossas políticas de anúncios, que proíbem estritamente informações comprovadamente falsas que podem prejudicar significativamente a confiança nas eleições ou no processo democrático.”

O Google já havia  proibido anúncios políticos  após a eleição de novembro para limitar a disseminação de desinformação, mas essa restrição foi  suspensa em dezembro . A gigante das buscas então bloqueou novamente anúncios políticos em suas plataformas em 13 de janeiro, dizendo que as restrições sob sua política de eventos sensíveis estariam em vigor até pelo menos 21 de janeiro. A empresa disse na época que estava colocando uma “pausa temporária em todos os anúncios políticos além de quaisquer anúncios que façam referência ao impeachment, a posse ou protestos no Capitólio dos Estados Unidos. “

O Facebook também parou temporariamente de veicular anúncios políticos nos Estados Unidos depois que as pesquisas foram fechadas em 3 de novembro, que aparentemente continua em vigor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *